Por que somos cegos diante do óbvio?

Em 2008, a crise financeira causada pelo descontrole do mercado imobiliário, especialmente nos Estados Unidos (mas com papéis espalhados pelo mundo todo), não foi prevista pelos analistas do Banco Central Norte Americano (Federal Reserve). Alan Greenspan, o então presidente da instituição, veio a público depois da desastrosa quebra do mercado financeiro, e declarou que ninguém… Ler mais

O que a ciência diz sobre a ideia de que a violência gera violência?

A neurologista Kim Gorgens estuda traumatismo cranioencefálico na população carcerária norte americana. O TBI (sigla para traumatismo cranioencefálico em inglês – traumatic brain injurie) é uma lesão estrutural que afeta a função cerebral, causada por uma pancada na cabeça. Comum em atletas que jogam futebol americano nos EUA, o estudo desse tipo de trauma e suas… Ler mais

E se a democracia fosse nossa religião?

O professor de educação cívica Eric Liu criou, nos EUA, a Universidade Cidadã (Citzen University), um projeto que tem como foco espalhar o espírito da cidadania e a fé na democracia. A missão dele é estimular as pessoas comuns a votar, participar dos processos decisórios e influenciar ativamente a construção, manutenção e melhorias no contrato… Ler mais

Conflito entre liberdade de expressão e humor- o que é corrupção e o que é honestidade?

O humor pode nos ajudar a enfrentar situações desconfortáveis e até dores profundas porque ele nos proporciona alívio. Fazer humor (ou ter senso de humor) é uma habilidade social desejada e reconhecida exatamente por esse motivo. Mas para além do senso comum e dos modelos de humor que reproduzimos, o que exatamente faz algo ser… Ler mais

A nova geração e o fim do capitalismo

Há poucas semanas um escândalo ganhou espaço na imprensa norte-americana que anda monopolizada pelos escândalos políticos do presidente deles. Um esquema de fraude na admissão de alunos em universidades renomadas expôs as propinas e subornos que os pais (super ricos) desses alunos pagavam. No país da meritocracia, o resultado das provas era adulterado, relatórios de… Ler mais

Somos todos membros de um culto suicida?

Para o psicanalista humanista Erich Fromm, sadismo e masoquismo são impulsos inseparáveis. O sádico adota a postura de vítima para dominar o outro manipulando sentimentos de culpa. O masoquista assume o papel de rebelde para causar dor no outro e em seguida sofrer a punição que reforça sua posição submissa. Pode parecer estranho, mas causar… Ler mais

Fyre Festival – um curso rápido de capitalismo

Um jovem de Nova York, considerado pela imprensa como um visionário que sabe dialogar e engajar os millenials (geração nascida depois do ano 2001), anuncia seu novo projeto – um festival de música numa ilha privada do Caribe, com direito a jatos particulares, iates, chefes de cozinha e hospedagem de luxo, celebridades e influenciadores digitais.… Ler mais

O que é, e pra que serve a não-violência?

A primeira coisa que percebemos quando falamos de não-violência é que a palavra composta que engloba ideias como a resistência pacífica e a desobediência civil é uma negação. Definir algo por aquilo que esse algo não é pode parecer evasivo, mas nesse caso, especialmente porque a violência é parte do nosso instinto de sobrevivência, o termo… Ler mais

Ladislau Dowbor – explicando o capitalismo do século XXI e propondo soluções

O economista e professor Ladislau Dowbor é autor de mais de 40 livros e se dedica a propor alternativas econômicas ao sistema capitalista, através de ideias como a democracia econômica, o poder local e a gestão descentralizada. Agora, em parceria com o Instituto Paulo Freire, ele propõe um curso sobre economia para que as pessoas… Ler mais

Guerra cultural – como inventar inimigos e manipular pessoas

O escritor George Orwell, pouco antes do final da II Guerra Mundial, criou uma fábula para contar a revolução bolchevique que implantou um comunismo na Rússia e seus desdobramentos. No livro A Revolução dos Bichos somos apresentados aos animais da Granja do Solar, que cansados da exploração dos humanos, fazem uma revolução proletária, que começa romântica, igualitária… Ler mais