Distopias – hipersexualização e identidade de gênero

A sociedade contemporânea não esconde mais nada. Tudo que era hipocritamente sagrado no passado vem caindo por terra no nosso tempo de comunicação instantânea de milhares de vozes nas redes sociais. Mas os comportamentos que foram construídos culturalmente ao longo de milênios são muito difíceis de serem superados. O primeiro passo sempre é reconhece-los, e… Ler mais

Distopias – o terceiro mundo no coração dos Estados Unidos

Recentemente circularam pelas redes sociais imagens de partes de cidades como Los Angeles cheias de moradores de rua, sujeira e pobreza. Nada muito estranho para moradores de países “em desenvolvimento”, que eram conhecidos como “terceiro mundo” há pouco tempo. Mas no coração da maior potência mundial? O que aconteceu com os Estados Unidos? Segundo as… Ler mais

Ficção científica – a vida imitando a arte!

Isaac Asimov (1920 – 1992) foi um professor de bioquímica na Universidade de Boston, nos Estados Unidos. Sua notoriedade, no entanto, está ligada à literatura como um dos maiores nomes da ficção científica. Seus livros falam de tecnologia num futuro em que os robôs convivem com a humanidade ombro a ombro.

Distopias – a resistência e a paralisia diante das muitas possibilidades

O historiador inglês Andrew Keen, autor de livros com previsões acertadas sobre a internet e a tecnologia, e crítico das grandes empresas do Vale do Silício, previu o crescimento das notícias falsas e o fim da privacidade. Em recente entrevista à Folha de São Paulo ele aponta que a eleição de Trump é um sintoma do… Ler mais

Utopias – o amor revolucionário de Valarie Kaur

No filme Ó Pai, Ó de Monique Gardenberg (2007), o personagem Roque (vivido por Lázaro Ramos) entra em choque com Boca (Wagner Moura), e faz um discurso afirmativo potente contra o racismo: Essa fala de Roque é adaptada da peça de Shakespeare – O Mercador de Veneza. Na peça o vilão é o comerciante judeu… Ler mais

Distopias – o Ministério da Solidão e a lógica da exclusão

Um estudo de 12 meses que envolveu diversas ONGs concluiu que 9 milhões de britânicos sentem solidão (14% da população). A porcentagem e o grau de solidão percebido é maior entre os mais velhos. Para especialistas em saúde da terceira idade, o isolamento social pode causar mais dano à saúde que fumar quinze cigarros por… Ler mais

Distopias – será que estamos mergulhados em uma?

Desde o ano passado escrevo aqui no blog da Universidade Livre Pampédia uma série de textos sobre Utopias. A ideia é apresentar possíveis soluções para os problemas que enfrentamos hoje, sejam essas soluções inéditas, ou ainda não testadas numa escala maior, ou ainda ideias óbvias que sofrem boicotes e resistências devido a interesses diversos de… Ler mais

BOKEH: a difícil arte de recomeçar e os sentidos do existir

Nesse filme de 2017, dirigido por Geoffrey Orthwein e Andrew Sullivan, um jovem casal estadunidense, Riley e Jenai, faz sua primeira viagem ao exterior, para a Islândia. Após um dia de visitas a pontos turísticos, Jenai vê, da janela do quarto do hotel, durante à noite, um clarão no céu, parecido com o fenômeno da… Ler mais

Pensar o mundo com a Universidade Livre Pampédia – você está convidado!

Pensar o mundo, a sociedade, os valores, a existência e a vida… Não em forma de discursos banais de autoajuda. Conhecer mais o ser humano, desvendando seu psiquismo… Não em testes de internet. Praticar o conhecimento de forma interdisciplinar, encontrando pessoas para vivências significativas – esses os propósitos desse ano de 2018 na Universidade Livre… Ler mais