2 thoughts on “A harmonia no plural – diálogo entre espiritualidade e ateísmo

  1. Sem dúvida que o diálogo com o diferente é o caminho para a verdade… A dialética nos mostra isso, Paulo Freire vivenciou isso (a verdade nasce do diálogo e do conflito…) e a razão e o coração nos indicam que só por ser humano, o outro, que apresenta a ideia de forma sincera, precisa e merece ser ouvido (e concordo q saber ouvir tem sido raro…).
    E, salvo melhor juízo, um diálogo dessa natureza seria uma boa retomada, aprofundamento, mais um ângulo de análise, do que o Mestre de Lion discutiu e questionou no Livro dos Espíritos sobre formas de Panteismo..

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s