Brasil – reconstruir sobre terra arrasada e a inspiração de Comenius

Rumo ao exílio 2
Comenius rumo ao exílio, com seus compatriotas hussitas

Estava aqui pensando em escrever alguma mensagem de esperança e força diante do momento histórico tenebroso em que vivemos no Brasil. Uma terra arrasada, um desmonte político, social, econômico, educacional… a serviço de corruptos agarrados no poder, marionetes do capital internacional. O governo ilegítimo está lá para cumprir a agenda dos poderes econômicos: conquistas sociais desfeitas, pré-sal entregue aos estrangeiros, a educação mais desfigurada ainda, fundamentalismo religioso atuando no Congresso…

Pessoas que têm um mínimo de lucidez política estão ressentidas, desencantadas, desenxavidas… sem palavras. O Brasil retrocedendo a passos rápidos. Universidades públicas sendo sucateadas, verbas para a ciência, saúde, educação, sendo cortadas. Uma crise econômica produzida para justificar esse retrocesso. Mas a elite continua com seus carros importados, com suas escolas caríssimas… os bancos continuam com seus lucros imorais, os políticos continuam com seus salários e benefícios e roubos nababescos.

Diante de tudo isso, difícil falar em esperança.

Mas uma luz brilhou aqui. Resolvi relembrar nossa grande inspiração: Jan Amos Comenius, que dá nome à Editora Comenius, que enraíza a Universidade Livre Pampédia, cujas ideias estavam à frente de seu tempo pelo menos uns 300 anos – ideias aliás que ainda não foram cumpridas e realizadas nem no Brasil, nem no mundo.

Comenius era um pacifista, uma pessoa engajada no diálogo entre as religiões, um educador que idealizou uma escola lúdica, democrática, que respeitasse o desenvolvimento integral da criança.

O projeto de Comenius era para a humanidade – ele pretendia que todos os seres humanos sem exceção fosse educados “plenamente, em sua plena humanidade”, desenvolvendo todas as suas potencialidades. E sonhava com um mundo pacificado, com um colégio internacional de sábios e uma assembleia de nações (o que viria a inspirar a ONU).

Mas se observarmos o contexto em que Comenius viveu e como ele viveu uma vida dedicada ao bem da humanidade, podemos nos sentir consolados com nossas desditas nacionais e internacionais.

Comenius ficou órfão de pequeno, mais tarde enfrentou toda espécie de perseguição e adversidade. Por exemplo, perdeu a família na peste, teve todos os seus livros queimados pelos jesuítas, viveu a Guerra dos 30 anos, entre católicos e protestantes, e foi perseguido por ambas as facções como hussita, que era, descendente de Jan Hus. Teve que ir para o exílio e morreu na Holanda, ainda sonhando com a volta às terras tchecas.

Ou seja, as contingências do mundo foram extremamente desfavoráveis aos ideais semeados por Comenius, mas aqui estamos quase 350 anos depois, falando sobre esse grande mestre e nos inspirando nele em nossas ações de educação no Brasil.

Ainda o mundo é um cenário de luta para quem sonha com reformas, revoluções e evoluções coletivas. Luta pacífica, sacrificial, engajada, que nunca desiste, porque sabemos que as semeaduras a longo prazo darão as árvores mais frondosas e os frutos mais permanentes.

Assim, levantemos as mãos cansadas, o olhar desesperançado, o coração desiludido e não nos conformemos em cuidar apenas de nossa vidinha individual de maneira medíocre e egoísta. Ao invés, tenhamos sempre em vista os grandes ideais, as lutas diárias e a plantação incansável de projetos que ajudem o próximo, que eduquem a todos e que promovam a paz e a fraternidade. Assim nos inspira Comenius!

4 thoughts on “Brasil – reconstruir sobre terra arrasada e a inspiração de Comenius

  1. Oi,
    Você e sua “consolações”, hoje precisava exatamente da seguinte frase:
    “Ao invés, tenhamos sempre em vista os grandes ideais, as lutas diárias e a plantação incansável de projetos que ajudem o próximo, que eduquem a todos e que promovam a paz e a fraternidade. Assim nos inspira Comenius!”
    Muito obrigada!

    Curtir

  2. “…as mãos cansadas e o coração desiludido…” Retrato fiel de um povo desesperançado, que já não encontra caminhos pra lutar. Espero q , esse comentário traga energias novas, nos traga de volta a força de Comenius.

    Curtir

  3. Dora. Só Comenius pra.consolar e inspirar. Os egoístas passam. E vc acaba de provar que os humanistas e sábios ficam através dos tempos aquecendo nossos corações e delineando nossos horizontes. Avante!! Pela luta para uma educação da humanidade mais humana (até do temer – deixei minúsculo mesmo)! Há esperança nos séculos sem fim.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s