Tradições subvertidas –  sobre o diálogo entre marxismo e religiões

O aspecto mais tradicional da crítica filosófica às religiões é aquele que afirma que somente existe o mundo material, e que não há evidências da existência de qualquer realidade transcendente proclamada pelas tradições religiosas ao longo da história. Entretanto, é possível especular que mesmo o que chamamos de realidade material é algo bastante limitado, e,… Ler mais

A disposição ética e o ato de corrupção

O termo “corrupção” surgiu a partir do latim corruptus, que significa o “ato de quebrar aos pedaços”, ou seja, decompor, deteriorar. Extrapolando essa definição podemos pensar a corrupção como uma ação que divide e separa aquilo que antes era, ou se reconhecia como, uma coisa só, íntegra. Agir, portanto, de maneira corrupta é em essência impor a… Ler mais

Grandes Pessoas para inspirar o mundo

Você clama por uma sociedade com valores mais sólidos? Se respondeu que sim, não está sozinho. Muitos são os que defendem a ética (na política, na profissão etc.) e buscam um mundo mais fraterno e justo. Essa busca precisa ser feita sobretudo através da Educação inspirando as novas gerações a agir de maneira ética, positiva,… Ler mais

O poder da Educação livre, onde não há poder, mas há…

Já Rousseau propunha uma educação sem instrumentos de coerção, em que a criança aprendesse apenas pela força da curiosidade e da necessidade. Aliás, falava de uma “educação negativa” em que se preservasse o educando de influências sociais corruptoras e em que ele pudesse desabrochar livremente sua bondade essencial. Tolstoi, anarquista cristão, também com influência de… Ler mais