Necessidades, identificação e ódio. Onde tudo isso pode realmente nos levar?

Quando a figura de Hitler ascendeu na Alemanha do século XX, seu discurso não era apenas de ódio aos judeus, gays e ciganos (naquela cultura não havia negros, mas havia propaganda também para desqualificá-los como sub-raça). De forma alguma. O líder nazista tocava em sua fala questões de interesse geral da nação, ligadas ao campo… Ler mais

Autoajuda educacional: receita de sucesso. Para quem?

“Quando todos pensam o mesmo, ninguém está pensando”. Walter Lippmann Dentre as diversas ondas editoriais com sucesso de vendas, destacaremos uma, em especial, por seu caráter altamente sedutor e manipulativo: a autoajuda educacional. Os livros com este tipo de proposta são procurados como fonte de motivação por professores de diversas áreas, já desgastados, cansados da… Ler mais

Comunicação para Comunicar [e solucionar].

Existe uma ênfase no mundo empresarial para as questões da comunicação. Isso se justifica, uma vez que os grandes administradores já se atentaram para a prioridade na gestão de pessoas e métodos para uma comunicação eficiente, visando a maior lucratividade. Chefes, subordinados e afins precisam se comunicar bem, calmamente, objetivamente, sem infantilizações ou ataques de… Ler mais

Apenas punir e encarcerar, se podemos ressocializar?

Muito temos discutido, nas últimas semanas, sobre a questão da redução da maioridade penal no Brasil. Embora as evidências robustas, apontando para o fato de que se trata de uma medida equivocada, porque injusta e ineficaz (sob o ponto de vista da violência social), a verdade é que muitos têm trabalhado para que se efetive… Ler mais

Moradores de rua: invisíveis, porém, concretos

Faz alguns anos, numa destas sagradas oportunidades que a vida nos oferece vez ou outra, fui convidada a distribuir materiais de primeira necessidade na cidade de São Paulo, para moradores de rua. No começo, surgiram dúvidas, medos diversos, até por posicionamentos de parentes e amigos, mas depois, seguindo o fluxo do meu momento, aceitei a… Ler mais

Mudanças na educação, moedas recebidas e terapia pedagógica

Mudar a Educação não é apenas uma questão política, institucional e mesmo pedagógica. É preciso mudar estruturas internas do ser humano, para fazê-lo apto a educar dentro de um novo paradigma de liberdade e respeito à individualidade do outro, de amor construtivo e saudável. É um clássico nas terapias defrontarmo-nos com pessoas que afirmavam que… Ler mais

Dopar, domar, enquadrar e explorar: Os reais objetivos de uma Pedagogia Perversa!

Conversando com uma paciente de 09 anos, em determinado momento, perguntei: Do que mais gosta, na sua escola? Da hora do recreio. E existe algum outro momento, também bacana, que escolheria para – ficar em segundo lugar? Sim, quando faço educação física. E para o terceiro lugar, o que escolhe? A hora da saída. O… Ler mais

Os fundamentalistas da alimentação

Karen Armstrong, autora do livro “Em Nome de Deus: o Fundamentalismo no Judaísmo, no Cristianismo e no Islamismo”, comenta sobre um fato alarmante, gerador de enorme angústia na era da modernidade, e que segue firme também na pós-modernidade: o surgimento de uma devoção desenfreada aos textos sagrados, por parte de militantes radicais, combatentes ferrenhos do… Ler mais

O avesso da indiferença

Fui dormir e acordei com um assunto martelando a minha mente. Quero descobrir caminhos. Sempre quis, aliás. Desta vez, caminhos que me ajudem a entender qual o avesso da indiferença. Aquele lado que nos faz “pessoas de valor”, como dizia minha avó; os caminhos de identificação com o lado bom de cada um e não… Ler mais

Educação Para a Solidariedade

Nosso modo de ser e perceber o mundo se forma através das experiências vividas ao longo dos anos, principalmente as que foram aprendidas junto a pessoas mais significativas – nossos pais, irmãos e amigos. E, neste caldo cultural, seguimos por aí, nutrindo nossas mentes nestas relações interpessoais, influenciando o meio com ingredientes nossos, subjetivos, que… Ler mais