Estudar História, Política e Religião – uma urgência urgentíssima hoje

art1

Estamos mergulhados num momento histórico altamente explosivo, de incertezas, investidas ideológicas perigosas, autoritárias, cheias de discursos que pretendem fazer o mundo voltar para trás.

Nas redes sociais, somos bombardeados diariamente por afirmativas cheias de ódio e intolerância. E sobretudo, por achismos, sem nenhum respaldo em conhecimento, estudo e análise dos fatos.

Todo mundo, de repente, se tornou analista político e espuma opiniões com uma certeza agressiva.

É verdade que quando esses impulsos primitivos do ser humano vêm à tona, eles obscurecem os dados objetivos da realidade. Aliás, é possível criar qualquer teoria estapafúrdia para justificar o ódio, o crime, o fanatismo – seja religioso, seja político…

Lembremos da Alemanha. Era um dos países mais bem instruídos do mundo e o povo mergulhou de cabeça na loucura nazista, que levou milhões à morte, criando um discurso de raça pura, de limpeza étnica e de dominação do mundo.

Por tudo isso, temos de fazer um esforço constante de imunização das pessoas, contra os fundamentalismos de qualquer espécie, contra o irracionalismo do ódio, contra os discursos explosivos e vazios.

E como promover isso? Através de um conhecimento plural. Estudar a história a fundo, conhecendo inclusive o que não se conta na história oficial (que é sempre a história do vencedor), saber de diferentes correntes filosóficas, propostas políticas, ideias econômicas – é essencial para formarmos uma visão de mundo, minimamente coerente. Para então podermos manifestar uma opinião (e não uma certeza absoluta e impositiva) com um mínimo de fundamento, com alguma argumentação razoável.

Um dos problemas fundamentais com que nos deparamos para construirmos esse conhecimento é a questão das fontes. Hoje está tudo disponível na internet. Desde os clássicos mais clássicos e o resultado das pesquisas mais sérias até os sites mais manipuladores e charlatanescos, comprometidos com ideologias extremistas e até com facções terroristas e criminosas.

Como diferenciar o que é plausível, confiável, aceitável, do que é doutrinante, distorcido, questionável? Eis um dos maiores desafios para aqueles que buscam saber a verdade dos fatos e conhecer ideias honestas.

Exatamente essa é uma das principais propostas da Universidade Livre Pampédia: oferecer referências sérias de pesquisa, orientar estudos comprometidos com a diversidade, para que as pessoas que nos procurarem possam formar sua própria visão, conhecendo as diversas visões de um problema.

Nesse ano de 2017, assim, temos duas propostas para trabalhar dessa maneira: uma no campo da política, com nosso curso Temas Políticos – Conceitos, Histórias e Ideias e outro no campo da Religião, com o curso Livros, Tradições e Espiritualidade.

Esses dois grandes temas são justamente dois eixos em torno dos quais se desenrolam os maiores e mais prementes conflitos da humanidade. Como entender as instituições políticas, as ideias sociais e econômicas no meio das quais se desenrolam nossa vida de cidadãos no país e no mundo? E como sabermos nos movimentar entre as ideias, inspirações e também dogmas e instituições religiosas que determinam grande parte do comportamento individual e coletivo da humanidade? E ainda mais, como política e religião ainda se entrelaçam profundamente em pleno século XXI?

São temas nevrálgicos, instigantes e necessários…

E assim, vamos construindo nossa contribuição para que um acesso democrático, confiável e plural ao conhecimento seja oferecido a um custo baixo e com muita responsabilidade e ética.

7 thoughts on “Estudar História, Política e Religião – uma urgência urgentíssima hoje

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s